quinta-feira, 11 de junho de 2009

Antropomorfismo

Antropomorfismo é algo que existe a séculos na vida do ser humano, por assim dizer. A cultura mística, lendas e mitologias estão impregnadas disso e hoje em dia, com o adendo da modernidade, parece que na verdade ele está é mais espalhado do que nunca, vencendo barreiras da literatura e religião como antes era.

Mas você deve estar se perguntando que raios de palavra é esta, certo? Bem, trata-se de uma palavra que designa a representação em forma humana de deuses, elementos da natureza, animais e até sentimentos, ou seja, coisas que não seriam humanas. Podem ser uma representação total ou parcial das características humanas nesses seres inumanos incialmente.

Digo que é algo antigo porque desde os egípcios haviam deuses ou seres que eram representados com feições humanas. O mesmo em mitologias gregas, romanas, nórdicas e outras. Sempre havia ou um deus tomando formas humanas ou um sentimento aparecendo em forma humana ou ainda animais que ganhavam características humanas. Uma hora ou outra haviam animais falando, por exemplo. Isso já é o suficiente para haver um antropomorfismo.

Nas fábulas infantis também existem vários antropomorfismos, como em Alice no País das Maravilhas, O Pequeno Príncipe, Chapeuzinho Vermelho e assim vai. Animais andando em duas patas e com roupas humanas, como o coelho atrasado de Alice, ou ainda falando ou agindo como humanos, como a raposa de O Pequeno Príncipe ou o lobo de Chapeuzinho Vermelho. Como herdeira direta dessas fábulas, a Disney, que começou seus filmes com estes clássicos, segue a idéia de antropomorfismo direto em vários de seus filmes.

Mas além dos filmes da Disney e outros similares, geralmente destinados ao público infantil, existem muitos outros antropomorfismos. Um dos mais populares são as OStans, que nada mais são do que personificação de sistemas operacionais. Particularmente acho que a mais famosa é a OStan do Windows 2000, conhecida como Win2k. Ela é com óculos e um ar de intelectual. Existem outras, cada uma para um sistema operacional, contando com cada variação que o sistema ofereça.

Além das OStans existem várias outras formas de personificações, como as mecha musumes, que são garotas que personificam veículos, aviões, navios ou mesmo gundams. As maiores representantes dessa forma de antropomorfismo são as Strike Witches, anime onde garotas representam aviões famosos da Segunda Guerra e recebem nomes inspirados nos seus maiores pilotos.

Personificação de softwares, como firefox e thunderbird, e de países, como já citado neste blog com o anime Hetalia, já são até normais e assim vão seguindo em tudo que é querido ou tem fãs, passam a ser personificados.

Mas o mais interessante no antropomorfismo moderno foi que a Yamaha, como estratégia de venda de seu software de voz sintetizada conhecido como Vocaloid, quando lançou o Vocaloid2 já o lançou com a sua personificação: Hatsune Miku. Uma personagem que por definição é simpática já na primeira vista. Provavelmente houve pesquisa de gosto para saber a melhor imagem que poderia atribuir a personificação de seu produto, que por sua vez ajudariam a vendê-lo, já que se tratava de um software de voz, logo nada melhor do que a personificação dele como uam garota agradável cantando com esta voz. Não sei se Vocaloids anteriores já foram concebidos com a aparência, mas Miku foi e é a mais popular dentre as versões de Vocaloids e pode ser exemplificada como a maior referência do antropomorfismo atual.

E finalizo esta postagem perguntando por que será que o ser humano tanto imagina seres parecidos com ele? Será que é para não se sentir só na imensidão deste mundo? Um desejo de ter algo idealizado mais próximo de si? Atração pelo exótico ou diferente?

Sorte do dia by orkut: Nossa força cresce de nossa fraqueza

3 comentários:

Naty disse...

Olá!!
como sempre seus posts são muito interessantes!! ^^
pelo que eu entendi antropoformismo seria um animal parecido com um humano (que anda sobre duas patas, que fala e que pensa?)
se for isso, acho que o ser humano acredita nisso para que não haja diferenças porque, querendo ou não o ser humano é sim um animal, porém são animais que pensam e raciocinam (acho que escrevi errado)
bom, sobre seu comentário no post de NANA que pena que o anime te lembra uma pessoa que você não quer lembrar.
sobre seu comentário ontem!1
que bom que você gostou de eu ter posto uma foto do gennosuke e oboro (basilisk é ótimo)!! xD
tenha um bom fim de semana
bye bye

Hidekee disse...

>Naty:

Pode ser isso tb, embora não havia pensado nessa parte de se considerar um animal também. Mas os seres inanimados aí não tem como explicar xD

É, uma pena não poder ver Nana, mas fazer o que? u.u

Gosto de Gennosuke e Oboro, um casal legal *-*~

Obrigado e boa semana para ti o/

Anne disse...

Olha o meu papel de parede ali!
Quero créditos ¬¬'

XD~