terça-feira, 10 de março de 2009

Excesso de bajulação

Não sei se todos tem visto os noticiários da Globo e suas afiliadas, mas depois que o Ronaldo "Fenômeno" fez gol, é uma bajulação sem fim.

Parece que ele fez o gol da Copa ou algo do gênero, sendo que ele "apenas" mostrou que está se recuperando.

Não sou fã dele, mas reconheço que um jogador que teve os problemas que ele teve, conseguir voltar a jogar e demonstrar talento é realmente algo de se aplaudir, pois mostra muita força de vontade de determinação da parte dele, que não se abateu com as fofocas.

Porém, mostrar em TODOS os noticiários o gol que o Ronaldo fez, por vários ângulos, de todos os jeitos e chegar a especular se ele poderia ou não retornar a seleção brasileira ou até mesmo ganhar uma Copa, acho exagero demais e um sensacionalismo exarcebado.

Por mais que alguém goste de futebol, aceitar isso é no mínimo... burrice. Ele fez apenas um gol, mostrou que está se recuperando, mas ele ainda tem muito a evoluir, principalmente forma física, já que ficou muito tempo parado, e espero que ele não caia nessa pilha que estão colocando, pois pode ser um erro se precepitar.

Interessante que isso só demonstra como está decadente o jornalismo da emissora citada. Várias vezes se observa um sensacionalismo desnecessário com coisas que não haveriam necessidade. Quem não se lembra da garota Isabela ou da Eloá, que ficaram em todos os telejornais mostrando, exibindo e buscando notícias absurdas para explorar o que puder. Esse caso do Ronaldo é apenas um caso mais brando do sensacionalismo de querer forçar algo ser excepcional além da conta.

É por isso que passei um bom tempo, quase 4 anos, sem ver TV enquanto eu morei sozinho u.ú

Sorte do dia by orkut: Ninguém pode voltar e criar um novo início, mas todo mundo pode começar hoje e criar um novo final

2 comentários:

Anne disse...

Por essas e outras eu deixei de cogitar a idéia de estudar jornalismo! :D

Eu nem sei o porquê do Ronaldo voltar a jogar. Ele é um grande craque? Não, ele FOI. Caiu tanto que só o Corinthians mesmo pra aceitá-lo no time (pelo que vi, apenas por merchan de vender camisetas).

E quando ele entra em campo, tem duas bolas. Não sei como os jogadores não se confundem.

Hidekee disse...

>Anne:

É cara, é mais o nome dele que qqer coisa. Por isso essa bajulação excessiva. Jornalismo brasileiro está uma decadência só =/