segunda-feira, 23 de março de 2009

Responsável pelo o que cativas

"E foi então que apareceu a raposa:
- Bom dia, disse a raposa.
- Bom dia, respondeu polidamente o principezinho que se voltou mas não viu nada.
- Eu estou aqui, disse a voz, debaixo da macieira...
- Quem és tu? perguntou o principezinho.
Tu és bem bonita.
- Sou uma raposa, disse a raposa.
- Vem brincar comigo, propôs o princípe, estou tão triste...
- Eu não posso brincar contigo, disse a raposa.
Não me cativaram ainda.
- Ah! Desculpa, disse o principezinho.
Após uma reflexão, acrescentou:
- O que quer dizer cativar ?
- Tu não és daqui, disse a raposa. Que procuras?
- Procuro amigos, disse. Que quer dizer cativar?
- É uma coisa muito esquecida, disse a raposa.
Significa criar laços...
- Criar laços?
- Exatamente, disse a raposa. Tu não és para mim senão um garoto inteiramente igual a cem mil outros garotos.
E eu não tenho necessidade de ti.
E tu não tens necessidade de mim.
Mas, se tu me cativas, nós teremos necessidade um do outro. Serás pra mim o único no mundo. E eu serei para ti a única no mundo...
Mas a raposa voltou a sua idéia:
- Minha vida é monótona. E por isso eu me aborreço um pouco. Mas se tu me cativas, minha vida será como que cheia de sol. Conhecerei o barulho de passos que será diferente dos outros. Os outros me fazem entrar debaixo da terra. O teu me chamará para fora como música.
E depois, olha! Vês, lá longe, o campo de trigo? Eu não como pão. O trigo para mim é inútil. Os campos de trigo não me lembram coisa alguma. E isso é triste! Mas tu tens cabelo cor de ouro. E então serás maravilhoso quando me tiverdes cativado. O trigo que é dourado fará lembrar-me de ti. E eu amarei o barulho do vento do trigo...
A raposa então calou-se e considerou muito tempo o príncipe:
- Por favor, cativa-me! disse ela.
- Bem quisera, disse o principe, mas eu não tenho tempo. Tenho amigos a descobrir e mundos a conhecer.
- A gente só conhece bem as coisas que cativou, disse a raposa. Os homens não tem tempo de conhecer coisa alguma. Compram tudo prontinho nas lojas. Mas como não existem lojas de amigos, os homens não têm mais amigos. Se tu queres uma amiga, cativa-me!
Os homens esqueceram a verdade, disse a raposa.
Mas tu não a deves esquecer.
Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas"

Um trecho do livro O Pequeno Príncipe, de Antoine de Saint-Exupéry. Acho um texto interessante, que mesmo que sendo antigo, desatualizado para nosso século, a essência permanece. Suspeito inclusive que Spice and Wolf tem influências desse trecho também...

Lembro desse texto por ver que muitas pessoas agem de modo leviano com outras pessoas cada vez mais. Esquecem que se você gera algo em alguém, mesmo que forçadamente, você acaba responsável por aquilo.

Existem pessoas que forçam a barra para que a outra faça, pense ou sinta algo que na verdade está na mente da pessoa que forçou. Uns são movidos pelo entusiamos, outros pela fraqueza de personalidade e até ignorância mesmo, mas pessoas cedem e passam a seguir o que foi "vendido" para ela e que ela "comprou".

Notem que não excluo a responsabilidade de quem aceita idéias alheias, mas quem incita também é responsável. Seria como um cafajeste conquistador chegar em uma garota sem experiência alguma, a seduzir e ela entregar-se a uma paixão por este. Depois o cara dispensá-la e dizer que não é responsável por isso.

Claro que é um extremo, mas exemplos extremistas são bons para passar as idéias contidas. Creio que de mesmo modo todos nós somos responáveis por nossas ações e escolhas mas também por aquilo que passamos para os outros. Viver em sociedade merece muitos cuidados que em geral sequer nos atentamos, e para ser sincero, duvide que eu mesmo me atente, exceto quando estou em posição de professor. Por isso gosto de uma frase da música Pursuing My True Self, apertura do jogo Persona 4:

We’re all trapped in a maze of relationships...

Sorte do dia by orkut: Tentar e errar, mas não desistir de tentar

2 comentários:

Anne disse...

ADORO esse livro! *----------*

Hidekee disse...

>Anne:

Eu tb gosto muito dele, assim como Alice no País das maravilhas *-*~